Lista de 19 Bancos Internacionais para você enviar e receber dinheiro


A lista de bancos que você verá a seguir é resultado de anos de trabalho e foi compilada a partir de informações obtidas em contatos com investidores, seja por recomendações de clientes e ex-clientes, ou indicação de pessoas do mercado financeiro internacional.

Há mais de 10 anos me interesso por investimentos. Tudo começou com a leitura do best-seller “Pai Rico, Pai Pobre”, de Robert Kiyosaki. Desde então, “comprar ativos” virou o meu lema.

   
Devorei dezenas de livros sobre finanças e investimentos sempre buscando conhecimento para investir em ações, títulos de renda fixa, fundos imobiliários e tudo mais que o mercado oferecesse.

  
E foi há cerca de 5 anos, talvez por ter lido diversos livros americanos, talvez por descobrir que o Brasil nem era mencionado nesses livros, que me veio a indagação: “Por que não investir em outros países?”.

  
Foi o pontapé inicial da minha busca por informações. Conversei com diversas pessoas próximas, funcionários de banco, assessores de investimento, membros de fóruns específicos na internet. Nada. Ninguém sabia a respeito. Livros? Nenhum sobre o tema.

   

Ainda era zombado: “Pra que abrir conta fora? O Brasil é ótimo. Tem as melhores empresas e os juros mais altos do mundo.” Estávamos na era pré-delação premiada e muita gente vivia no Brasil da capa da Economist...

Depois de algum tempo, consegui um material sobre abertura de conta em outros países e, partir daí, fui acumulando conhecimento na área. Não é algo que se acha fácil. Foram anos e anos de pesquisa.

   
Comecei a entrar em contato com bancos e pessoas do mundo inteiro a ponto de conseguir informações suficientes para abrir a minha própria conta e organizar meus investimentos fora do Brasil.

  
Claro que nesse processo houve alguns tropeços, gastos desnecessários, mudanças de banco, etc. E, felizmente, consegui desfazer alguns mitos que podem ser obstáculos para quem deseja seguir o mesmo caminho.

  
Antes de prosseguir, no entanto, preciso esclarecer alguns pontos importantes.

   

Primeiro: não é ilegal ter conta fora do Brasil. Basta você declarar corretamente para a Receita Federal. Segundo: os investimentos são muito parecidos com os que temos aqui, só que numa diversidade bem maior.

  
Também descobri que os custos não são proibitivos. Há bancos que comportam todos os bolsos e não é difícil encontrar um adequado ao seu.

  
Além disso, identifiquei que ter investimentos em moeda forte o deixa muito mais protegido em relação às crises que temos enfrentado quase que diariamente no Brasil. O valor de nossa moeda baseia-se única e exclusivamente na confiança e na capacidade de o governo brasileiro pagar suas contas.

  
Os fatos nos mostram que, a cada turbulência política e econômica, o primeiro choque é a desvalorização do real. Por isso, torna-se vital para o brasileiro, que já passou por diversas trocas de moeda e hiperinflação, manter parte do patrimônio em moeda forte, como dólar, euro ou franco suíço.

  
Sim, em países como os Estados Unidos, maior criador de riqueza da história, ou a Suíça, com o mais alto grau de eficiência e desenvolvimento econômico. Afinal...

   
“Você tem 0% de controle sobre o destino do seu país e 
100% de controle sobre o seu destino.”

     
Abrir uma conta no exterior não só lhe protege de toda a turbulência que vem acontecendo no Brasil há mais de um século, como também lhe fornece acesso a sistemas bancários mais seguros, onde é possível ter uma gama diversificada de investimentos em moeda forte.

    

Por isso, refaço o convite para que me acompanhe nesta série especial, compartilhando também as suas histórias. Fique atento ao seu e-mail às quintas-feiras.

     
Espero que as informações contidas aqui lhe sejam proveitosas - o guia dos 19 bancos está logo abaixo.

                 

Aviso importante

A lista de bancos que você verá a seguir é resultado de anos de trabalho e foi compilada a partir de informações obtidas em contatos com investidores, seja por recomendações de clientes e ex-clientes, ou indicação de pessoas do mercado financeiro internacional. Nem eu, nem a Inversa possuímos qualquer tipo de relação comercial com qualquer dos bancos mencionados. A decisão pelo contato e abertura de conta em algum deles é de inteira responsabilidade do investidor.

      

     


 

 

Guia dos 19 Bancos

19 bancos Inversa

   

   

1-Banco do Brasil Americas (Estados Unidos)
https://www.bbamericas.com/br/

     

O BB Americas é um braço do Banco do Brasil nos Estados Unidos, criado a partir da compra do Eurobank de Miami, Flórida.

     
Para abrir uma conta é necessário primeiro ser cliente do Banco do Brasil. Após esse passo, você solicita no próprio site a abertura da conta nos EUA.

  
Não é necessário sair do Brasil. Tudo é feito por e-mail, telefone e correios.
O banco aceita valores baixos como depósito inicial e, se um saldo de US$ 10 mil for mantido, não há cobrança de mensalidade.

  
É um banco simples, que cumpre a função de lhe fornecer uma conta em dólar, aplicações limitadas de renda fixa, além de um cartão de crédito.

  

  

2-Wells Fargo (Estados Unidos)
https://www.wellsfargo.com/

   

Fundado em 1852, é o terceiro maior banco dos EUA em ativos.

   
O depósito inicial para abertura de conta é baixo, em geral a partir de US$ 25, mas um balanço acima de US$ 1,5 mil permite a isenção da mensalidade.

   
Entretanto, é preciso que você visite uma agência bancária nos EUA, munido dos documentos (passaporte e comprovante de residência recente), além do dinheiro em mãos.

   
Feito tudo, é provável que saia de lá com um cartão de débito e o dinheiro já na conta.

   

  

3-Bank of Valleta (Malta)
https://www.bov.com/

    

É o maior banco de Malta, fundado em 1974.

  
O depósito inicial é baixo, cerca de U$/€ 2,5 mil. Caso deposite mais de € 350 mil, você se torna elegível para o serviço de Personal Wealth Management.

  
Possui uma gama bastante ampla de investimentos e cartões de débito/crédito são relativamente fáceis de obter.

   
É conhecido por oferecer um bom atendimento ao cliente.

   
Não é necessário visitar o país para a abertura da conta. Tudo é feito à distância.

     

    

4-Standard Bank/Stanbic Bank (Ilha de Man)
https://international.standardbank.com/

     

Banco de origem sul-africana, fundado em 1862.

  
Possui unidades em diversos países pelo mundo, sendo a mais popular delas na Ilha de Man.

   
Oferece serviços de banco pessoal, comercial e Private Bank.

  
Oferece contas multimoedas e o depósito inicial é baixo, a partir de U$/€/£ 5 mil.

   
A abertura da conta costuma ser fácil e feita à distância.

  

  

5-Credit Andorra (Andorra)
https://www.creditandorragroup.com/en

      

É o principal banco do Principado de Andorra, localizado entre a Espanha e a França.

   
É um banco completo, com contas multimoedas e tudo mais que você possa precisar.

  
A informação inicial que eu tinha era de que ele aceitava clientes a partir de € 50 mil, mas ao entrar em contato em maio de 2017, fui encaminhado diretamente para o serviço de Wealth Management, tendo sido pedido depósito inicial de € 300 mil.

  
A abertura da conta pode ser feita do Brasil.

  

  

6-DBS (Cingapura)
https://www.dbs.com.sg

   

É o maior banco não só de Cingapura, como do Sudeste Asiático.

  
Não bastasse isso, é considerado o 12º banco mais seguro do mundo, com rating Aa1, AA- e AA- pela Moody’s, Fitch e S&P, principais agências de rating de crédito do mundo.

   
Você tem acesso a uma conta multimoedas com até 12 moedas diferentes, incluindo, obviamente, a local, o dólar de Cingapura.

   
O único inconveniente, assim como em todos os bancos de Cingapura, é ter que comparecer no país com toda a documentação. Também é conveniente entrar em contato com o banco antes de viajar para o outro lado do mundo e deixar tudo esclarecido.

    

    

7-OCBC (Cingapura)
https://www.ocbc.com/

  

OCBC significa Oversea-Chinese Banking Corporation e é um dos principais bancos de Cingapura. Compreende ainda o Bank of Singapore, responsável pelo Private Bank e a corretora iOCBC.

  
É considerado o 14º banco mais seguro do mundo, com rating Aa1, AA- e AA- pela Moody’s, Fitch e S&P.

  
Permite uma conta em 10 moedas diferentes.

  
Também é necessário visitar o país para abertura de conta.

  

   

8-Citibank Personal Banking Singapore (Cingapura)
https://www.ipb.citibank.com.sg/

   

É um ramo do Citibank em Cingapura, e que, ao contrário dos bancos locais, permite que a abertura de conta seja feita à distância. Por outro lado, o contato com a instituição não é tão fácil.

  
Oferece todos os serviços necessários, como contas multimoedas, cartões e investimentos.

  
Para ter conta, é necessário ter mais de 21 anos e fazer um depósito inicial de US$ 200 mil.

   

   

9-HSBC (Hong Kong)
https://www.hsbc.com.hk/

  

Fundado em 1865, é um dos bancos mais internacionalizados do mundo. No entanto, disse adeus ao Brasil em 2016.

  
Em geral, a abertura de conta é fácil.

  
O depósito inicial varia de acordo com o tipo de conta, mas é baixo para as contas mais simples.

  
Possui também conta multimoedas com 10 opções.

  
O inconveniente é ter que ir a Hong Kong para abrir a conta.

  

    

10-Hang Seng Bank (Hong Kong)
https://bank.hangseng.com/

    

O Hang Seng é parte do grupo HSBC e sua oferta de produtos e serviços é praticamente a mesma do HSBC. Algumas tarifas, no entanto, costumam ser baixas.

  
É o 31º banco mais seguro do mundo, com rating Aa2, A+ e AA- pela Moody’s, Fitch e S&P.

  
O ponto negativo é que também é necessário viajar até a Ásia para abrir uma conta.

  

  

11-Butterfield (Bermudas)
https://www.butterfieldgroup.com/

       

Banco com sede nas Bermudas, com mais de 150 anos de história. Possui também unidades espalhadas por diversos territórios, incluindo Bahamas, Ilhas Cayman, Guernsey e Suíça.

  
Possui uma ampla gama de serviços e um atendimento considerado bom.

  
Um fator que pode dificultar a abertura de conta é a necessidade de um intermediário.

  

   

12-CIBC FirstCaribbean International Bank (múltiplos países)
https://www.cibc.com/fcib/

     

É um banco formado pela união das operações no Caribe dos bancos Barclays do Reino Unido e Canadian Imperial Bank of Commerce (CIBC) do Canadá.

   
Atualmente possui unidades em 17 nações caribenhas.

   
Oferece os principais serviços, como conta multimoedas, cartões de débito e crédito e Private Bank.

   
O depósito inicial costuma ser baixo, em torno de U$$ 2 mil, e o banco pode eventualmente requerer a participação de um intermediário.

   
É possível abrir a conta à distância.

   

    

13-Credicorp Bank (Panamá)
https://www.credicorpbank.com/

   

Banco com sede no Panamá e que tem a reputação de oferecer um bom atendimento a clientes estrangeiros.

  
O depósito inicial é baixo, a partir de US$ 1 mil, e a abertura de conta pode ser feita à distância.

  
Tem as soluções mais comuns de bancos internacionais, mas as contas correntes estão disponíveis apenas em dólar dos EUA e euro.

   

   

14-MCB (Ilhas Maurício)
https://www.mcbgroup.com/en/

   

MCB significa Mauritius Commercial Bank Limited e é o maior e mais antigo banco do país, tendo sido fundado em 1838.

   
Caso não saiba, as Ilhas Maurício estão em 21º no ranking de liberdade econômica, à frente de países como Coreia do Sul, Finlândia, Noruega e Alemanha.

   
O banco costuma oferecer um bom atendimento e a gama de serviços é variada.
Além da moeda local, é possível ter contas em outras 5 moedas.

   
A abertura de conta não requer visita ao país.

    

    

15- Banque et Caisse d"Epargne de l"Etat (Luxemburgo)
https://www.bcee.lu/

    

É um banco estatal de Luxemburgo, fundado em 1856.

    
Atualmente, o BCEE é considerado o 8º banco mais seguro do mundo, com rating de crédito Aa2 e AA+ pela Moody’s e a S&P.

    
Oferece contas multimoedas, investimentos diversos, cartões e Private Bank.

    
É recomendável ter pelo menos € 50 mil para abertura de conta, que pode ser feita à distância.

    

    

16-Banque de Luxembourg (Luxemburgo)
https://www.banquedeluxembourg.com/

     

É um banco de primeira linha, que oferece todos os serviços principais, como contas multimoedas, cartões e uma ampla gama de investimentos.

    
O forte do banco é o serviço de Private Bank, que requer € 100 mil de depósito inicial.

  
A abertura de conta não requer visita ao país.

     

     

17- Zürcher Kantonalbank (Suíça)
https://www.zkb.ch/

    

É o banco estatal do cantão (unidade político-territorial) de Zurique. Na Suíça, cada cantão tem seu próprio banco. Em geral, os bancos cantonais costumam atender apenas moradores locais.Pela fama irrepreensível deste banco, considerado o 2º mais seguro do mundo e o único suíço com rating AAA por todas as agências de risco, resolvi entrar em contato com ele em maio de 2017. E não é que eles responderam? Em português, ainda por cima.

   

Estão abertos a brasileiros, com aplicação mínima inicial de U$ 500 mil. Requerem uma visita pessoal em Zurique ou no Uruguai. Enfim, qualidade tem seu preço.

  

  

18-LGT (Liechtenstein)
https://www.lgt.com/

   

É o banco que pertence à família real de Liechtenstein e entre os clientes existe pelo menos uma dúzia de reis, rainhas e príncipes.O forte do banco é o serviço de Private Bank, mas ele oferece todos os demais serviços comumente necessários. Seus custos são altos se comparados aos demais e o mínimo exigido para a abertura de conta é US$ 2 milhões.

   

Não é necessário visitar o país. A conta pode ser aberta à distância.

  

   

19-Pictet & Cie
https://www.group.pictet/

     

O Pictet é um Private Bank suíço fundado em 1805.É considerado o 27º banco mais seguro do mundo. Possui rating de crédito de longo prazo AA- pela Fitch e Aa2 pela Moody’s.O negócio é voltado para a administração de recursos e estratégias de investimento, sendo possível investir em praticamente tudo que estiver disponível nos mercados mundiais.

  

Exige pelo menos U$ 2 milhões de depósito inicial.

   

   


         

Observação

    

Essa foi só uma breve introdução com as principais informações sobre cada banco. Os critérios de aceitação de clientes e as tarifas estão sujeitas a mudanças sem aviso prévio.

  

É recomendável acessar as páginas de cada banco na internet para conseguir mais informações e entrar em contato com a própria instituição para esclarecer as dúvidas que surgirem.

         

           

Dicas práticas para abertura de conta no exterior 
              
→ Verifique os serviços e produtos que o banco oferece e aqueles de que você precisa para encontrar o mais adequado. 
  
→ Confira cuidadosamente as tarifas para não ser pego de surpresa e veja se pode arcar com elas. 
  
→ Tire todas as dúvidas com o atendente antes de abrir a conta. 
  
→ Se o banco necessitar que você abra a conta pessoalmente, combine tudo, incluindo a documentação necessária, antes de viajar. 
  
→ Você recebe o que você paga. Não adianta abrir uma conta de baixo custo e querer atendimento de Private. 
   
→ Mencione quem você é, o que você faz e de onde fala. Seja honesto e transparente. Confiança é tudo quando se lida com assuntos financeiros a milhares de quilômetros de distância. 
   
→ Explique os motivos de querer ter uma conta lá. Caso sejam os mesmos que os meus, mencione a preocupação com a instabilidade política e econômica do Brasil, a volatilidade da moeda brasileira, a preferência por ter conta em moedas fortes e a vontade de diversificar investimentos em outras partes do mundo. 
    
→ Existem diversas maneiras de enviar recursos para sua conta no exterior. A mais simples é por remessa internacional (wire transfer) de sua conta corrente no Brasil para sua conta corrente no exterior. É feito pelo seu próprio banco comercial. 
   
→ É possível ainda usar o serviço de uma corretora de câmbio. Todas as instituições autorizadas a operar no mercado de câmbio brasileiro estão listadas na página do Banco Central do Brasil.

           

Um forte abraço

FONTE https://inversa-newsletter.s3.amazonaws.com/newsletters/2017/reports/guia19bancos_170601.html

 

Aprenda 3 formas de como enviar dinheiro para uma Corretora

Nesse vídeo você vai aprender 3 formas de enviar dinheiro para a corretora. E porque mandar dinheiro através do cartão de crédito é uma má ideia....

Aprenda como abrir Conta Corrente nos EUA para enviar e Receber dinheiro, com direito a Cartão e muito mais

A Advanced possui filial em Miami desde 2015, o que permitiu parceria com o Biscayne Bank para abertura de conta nos Estados Unidos de forma remota aos cliente...

Como Depositar em Sua Corretora de Forex

Veja passo a passo como enviar e receber sua grana da Corretora de Forex...

Transferência Bancária Internacional via Banco ou Casa de Cambio

Veja abaixo as formas de enviar e receber dinheiro do Exterior...